Faça do seu banho de chuveiro em casa um ritual de renovação

Eu costumo dizer que para um banho de limpeza energética basta água, que é um elemento protetor por si só. Adicione, então, sua intenção…e pronto. Se é chuveiro ou banheira, não importa. Pensando assim fica muito mais possível de usar o banho como um ritual energizante no dia a dia.

Mas é claro que o reino vegetal, que pode trabalhar via corpo, emoções e espiritualidade, são incluídos para potencializar a intenção.  E se a ideia é usá-las como ritual de ano-novo (ou qualquer outra mudança de ciclo) vale a pena escolher de acordo com a fitoenergética das plantas. Explico mais abaixo.

Como fazer do seu banho um ritual de limpeza e reenergização

Antes de escolher os ingredientes para o seu banho, prepare o espírito e o ambiente…

Simplicidade ~ Repito: água é um elemento protetor por si só. Ou seja: um bom banho holístico não precisa de muito, pois está ancorado na simplicidade. Escolha as ervas e ingredientes que sejam acessíveis a você, sem estresse.

Ambiente ~~ Um banheiro limpinho e organizado é importante porque, mentalmente, é complicado firmar uma intenção no meio da bagunça. A energia também flui melhor em um local arrumado, com beleza – e isso não significa uma decoração chique, mas sem sujeira e com objetos que possam encantar seus olhos: uma plantinha, uma vela, um objeto que lhe proporcione boas lembranças, uma toalha bem gostosa de usar…Quem sabe uma música – aqui no aN temos uma playlist. Acesse para se inspirar!



View this post on Instagram


A post shared by marcela rodrigues 👁🌙 (@anaturalissima)


Intenção, calma e atenção plena ~~ Um banho feito às pressas, sem desfrutar das sensações, do prazer da água, será só mais um banho. A magia está na intenção. E, para intenção, é preciso manter a calma e a atenção no presente. Aqui — nesse post  —explico como trazer a atenção plena (mindfulness) para os rituais de beleza.

O banho & as ervas

sal, ervas e flores para um banho holístico (Foto: aNaturalíssima)


O sal é importante em banhos de banheira pois ajuda a regular a pressão (evitando de ficar muito baixa e gerar tonturas por causa da temperatura da água quentinha). Mas a verdade é que sal tem a missão de realizar limpeza. Segundo a sabedoria ancestral, banhos que usam sal devem ser jogados no corpo do pescoço para baixo, evitando o chakra coronário, localizado no topo da cabeça.

O reino vegetal nos oferece opções infinitas. Cada planta com sua medicina. O alecrim é um banho conhecido pela proteção, mas também traz alegria e motivação. Arruda, proteção e limpeza das boas. Eucalipto, idem, além de proporcionar clareza mental. Cravo e louro são usados para abrir caminhos. Pétalas de flores, em geral, são nutridoras e acalmam o coração. No entanto, as de rosas vermelhas trabalham o amor-próprio e a vitalidade, enquanto as brancas são curativas. Salvia resgata a ancestralidade e ativa a intuição. Lavanda relaxa, calêndula e camomila acalmam e sintonizam com o feminino.

Todas, em comum, energizam e conectam com a sabedoria da natureza. Na dúvida, sempre digo: escolha pela intuição.

Na sabedoria popular, há muitas receitas de banhos. Algumas levam até ervas sagradas, consagradas em rituais espirituais, além de cachaça. Mas, aqui, a ideia é ir pelo caminho mais simples, intuitivo.

Receitas de banho para ano-novo

Em uma panela, leve 1 litro ou mais de água ao fogo. Ao esquentar, apague, jogue as ervas e tampe. Depois de ao menos 10 minutos (ou mais), misture com outra metade de água em um balde. Depois do banho de higiene (de lavar o cabelo, se ensaboar…) banhe-se com esta água medicinal! Se não tiver sal, está liberado molhar tudo.

Convidei a terapeuta  Vivian Queiroz, de São Paulo, para compartilhar aqui duas receitas mais elaboradas e conectadas com a energia de renovação de ciclos!

Banho de Limpeza Energética: Arruda, Ipê Roxo, Hortelã, Orégano.

Função Fitoenergética: “libera tristeza interiorizada, elimina frustração, auxilia a desacelerar a mente, reduz estresse, traz estimulo a estruturar alicerces.”

Banho para Abertura de Caminhos: Calêndula, Ipê Roxo, Alecrim, Erva Mate.

Função Fitoenergética: “gera satisfação por aquilo que se já tem, auxilia a criar vinculo de carinho com todos os seres, aumenta a conexão e absorção de energia vital pelo corpo, incentiva a ter sabedoria em viver, gera coragem, auto confiança e orgulho de si.”


As ervas podem ser usadas na versão fresca ou seca, o que for mais prático na  sua rotina. Eu costumo ter um potinho com várias ervas secas sempre à mão – seja para um chá, escalda-pés, vaporização facial ou banho…

Bom banho, bom ciclo-novo (em qualquer tempo!)

Acompanhe outras dicas de beleza natural e rituais holísticos no @anaturalissima

Posts recentes

Ver tudo