top of page

Detox de axila: o que, como e porque você deveria fazer


Não importa se você já usa desodorantes livres de substâncias suspeitas há anos ou está no meio de uma jornada de transição dos anti-transpirantes, tão nocivos porque ainda nos impedem de transpirar, para os limpos. Um "detox" de axilas é uma prática que pode fazer muito sentido em qualquer rotina de cuidados naturais.


"Detox" de axila - o que é


É um curto período no qual se passa sem aplicar nada na pele dessa região - nada mesmo, nem o desodorante natural, mesmo que você já use este tipo de fórmula mais saudável. É que além de deixar a axila respirar livre um pouco, nos aproxima do nosso cheiro, que diz tanto sobre nosso organismo.


Embora o suor não tenha relação direta com o odor, pois são os ácidos liberados pelas bactérias, que promovam o famoso cecê, no inverno há menos insegurança de testar novas marcas,largar o anti-transpirante e até a arriscar o detox. Então a temporada para investir nesses momentos de detox.


E não há regras: pode ser um final de semana, um feriado ou uma semana. O importante é a auto-observação neste período.


"Detox" de axila - motivos para fazer


Embora o odor seja fruto dos ácidos liberados pelas bactérias que, em um ambiente úmido e quente, se proliferam mais, sabemos que a intensidade pode mudar conforme hábitos do dia a dia (estresse, beber pouca água, excessos de industrializados, carnes e embutidos), uso de remédios e até desequilíbrios hormonais. Logo, é uma maneira de nos conectarmos com esse fluir. E, claro, perceber que, muitas vezes, nem precisaríamos ser reféns de um produto o tempo todo.


"Detox" de axila - cuidados extras e skincare



A axila também merece cuidado, afinal é uma área com pele mais delicada e que, não raro, deixa de ganhar atenção. Embora o termo detox não seja empregado aqui literalmente, o objetivo pode ser potencializado com duas práticas durante o banho:


O uso de um sabonete de argila - de preferência o tipo verde ou negra, pois ambos tem potencial purificante - e a esfoliação das axilas, esfregando uma esponja vegetal ou mesmo utilizando um esfoliante corporal.


Após o banho, seque bem antes de se vestir e, se possível, utilize roupas com tecidos que ventilem bem. Assim a região fica menos propícia à proliferação de bactérias.



* Para ler e complementar a ideia: "precisamos falar sobre suor, cecê e outros mitos"

* Cupom parceiro para desodorantes e outros itens naturais: useanaturalissima na Use Orgânico



Comentarios


bottom of page