Dossiê FPS consciente 2020\21: do natural ao vegano, avaliamos dez protetores disponíveis no Brasil

*Realização e reportagem: Marcela Rodrigues (edição) e Karen Faccin (colaboradora de reportagem) Arte: Marília Senott

A seara da proteção solar sempre foi uma das mais delicas e polêmicas dentro do mercado da cosmética sustentável. Primeiro por que, diferente de tantos outros produtos, não podemos simplesmente aconselhar “não use o protetor solar” ou “faça o seu em casa” em casos da falta de acesso a uma alternativa clean. O motivo? O Brasil é um país com alta incidência de câncer de pele. E, por outro lado, é o produto de cuidados pessoais com o tipo de composição cosmética – mesmo os aprovados pela Anvisa com os devidos testes clínicos –  que mais possui ingredientes suspeitos de serem nocivos à vida marinha.

A benzonfenona-3, por exemplo, é uma substância relacionada ao branqueamento dos corais, mas há outras sendo alvo de pesquisas. Em introdução à seleção abaixo, fizemos um míni guia – > (aqui) dos ingredientes suspeitos mais comuns nas composições convencionais – alguns com impacto grave, outros moderados.

Dossiê #proteçãosolarconsciente 2020: do orgânico ao clean, top 10 protetores conscientes encontrados no Brasil 

A *lista abaixo não é o ranking de indicados aNaturalíssima, mas sim uma lista de avaliados. Dentre os dez, começamos pelos mais naturais e limpos , e seguimos por formulações auto-intituladas “sea friendly” (amigos dos corais). Alguns, embora veganos, cruelty-free e livres de benzophenona-3, possuem outras substâncias de risco moderado. Mas entraram na avaliação porque, dentre centenas de opções tóxicas, são os menos nocivos do mercado convencional – e, logo, uma opção de custo-benefício de fácil acesso, seja financeiramente, seja por acesso local ou mesmo para quem está em transição. Algumas marcas, inclusive, passaram por uma renovação de fórmula. A sugestão é: avalie os atributos de cada um e reflita em cima de vantagens e desvantagens de acordo com a sua possibilidade e necessidade

Acreditamos que a escolha consciente passa pela informação, depois reflexão, até chegar à autonomia. Este guia tem o propósito de facilitar seu processo nos dois primeiros passos.  Abaixo de cada raio-x, míni-resenhas de colaboradores convidados  que compartilham suas experiências sobre cosmética do produto.

1) Protetor Solar By Soraia Zonta, Bioart

Protetor solar físico e natural – Bioart


Opinião | cosmética\performance:

 “Como um clássico protetor mineral, a primeira camada pode parecer um pouco esbranquiçada. Mas na minha pele logo some após eu espalhar bem. A textura final é aveludada. Costumo finalizar com um pó facial” – Marcela Rodrigues, facilitadora em consumo consciente & beleza limpa, fundadora aNaturalíssima, pele normal-sensível, São Paulo\SP – @eusoumarcelarodrigues e @anaturalissima.

“Composição maravilhosa, produto nacional, porém pode ficar um esbranquiçado na pele negra” –  Monalisa Nunes, dermatologista vegana, criadora de conteúdo, pele mista, São Paulo\SP – @monadermavegan

 “Gosto muito tanto para o uso diário, quanto para um dia de exposição direta. Ele não tem somente o dióxido de zinco e dióxido de titânio como a maioria dos físicos, mas leva também argila ( kaolin), que além de reforçar a barreira física, tem função matificante. Por isso é interessante até para as peles acneicas. É uma formulação que, além de proteger, tem ingredientes que tratam os efeitos da radiação solar, como extrato de chá verde, calêndula, óleo de açaí e chá verde.”  – Patrícia Silveira, dermatologista expert em cosmética natural, pele mista, Rio de Janeiro\RJ – @dermagreen

2) Protetor Solar Facial Natural Peles Oleosas ou Peles Mistas e Secas – Herbia 

protetor solar físico natural ibd Herbia


Opinião | cosmética\performance:

“Testei as três versões: me impressionei com a fórmula para peles oleosas: ótima espalhabilidade, bem transparente e efeito sequinho, mas sem esfarelar. Me encantei com o aroma, bem característico da aromaterapia. A versão corporal também tem uma ótima textura, não fica esbranquiçado” – Marcela Rodrigues, facilitadora em consumo consciente & beleza limpa, fundadora aNaturalíssima, pele normal-sensível, São Paulo\SP – @eusoumarcelarodrigues e @anaturalissima.

3)Mustela Protetor Solar Infantil 

mustela – protetor solar natural – matéria site aNaturalissima


Opinião | cosmética\performance:

“O produto tem fácil espalhabilidade e boa fixação na pele, resiste bem ao suor. Mas por ser apropriada para peles de crianças, não se adapta bem à pele adulta, pois deixa um aspecto bastante oleoso no meu rosto, que já tem tendência a ser mais oleoso.” – Karen Faccin,  jornalista, pele oleosa e praticante de beleza natural, Maringá (PR) – @karenfaccin

“O mustela é para bebês, mas seu fps 50 sustenta bem um dia de piscina. no corpo, a sensação é menos grudenta que os demais. A versão rosto se deu bem comigo que tenho a pele mista, muito ressecada e na faixa dos 40” –  Yumi Hira, pele mista-seca, terapeuta holística e autora do @pbelezasustentavel, São Paulo (SP) – @sou.yumi8

“Sempre foi uma das melhores opções custo-benefício. E, por isso, mesmo o frasco menor, eu usava\uso no corpo. No rosto vejo a necessidade de selar com um pó. Não é tão melequento, aroma suave e sento proteção por um período prolongado. è bem avaliado no EWG.” – Marcela Rodrigues, facilitadora em consumo consciente & beleza limpa, fundadora aNaturalíssima, pele normal-sensível, São Paulo\SP – @eusoumarcelarodrigues e @anaturalissima.

4) Protetor Solar Mineral Transparente – Esqualano e Zinco, Biossance

Protetor solar esqualano Biossance

Protetor solar esqualano Biossance


Opinião | cosmética\performance:

“Textura súper fininha, boa absorção, fica bem transparente, como promete mesmo. O acabamento final é de glow: particularmente eu gosto do brilho” – Marcela Rodrigues, facilitadora em consumo consciente & beleza limpa, fundadora aNaturalíssima, pele normal-sensível, São Paulo\SP – @eusoumarcelarodrigues e @anaturalissima.

“Achei excelente. A fórmula anterior era difícil de espalhar e esbranquiçava na pele negra. Usava sempre com uma maquiagem por cima. A atualização da fórmula está fenomenal. Fininho e com um ótimo acabamento que não esbranquiçou” – Monalisa Nunes, dermatologista vegana, pele mista, São Paulo\SP – @monadermavegan.

5) Protetor solar Ekilibre Amazônia 

Protetor solar natural e físico - Ekilibre Amazônia

Protetor solar natural e físico – Ekilibre Amazônia


Opinião | cosmética\performance:

“Apesar de ser um protetor solar físico, ele tem textura leve e não deixa a minha pele esbranquiçada. O segredo é espalhar bem. Absorve rapidamente e a gente sente ela hidratada, fica com um glow suave bem bonito. Pra quem gosta de uma textura mais sequinha, é bom aplicar um pó translúcido por cima.” – Dani do Vale, leitora aN, pele oleosa, Santos (SP) – @naotoxicoeafins

6) Quintal Blemish Blur Bálsamo Biomimético – B.B.B.B. 

Protetor solar clean beauty - Quintal Cosméticos

Protetor solar clean beauty – Quintal Cosméticos


Opinião | cosmética\performance:

“Cumpre bem o papel da multifuncionalidade, entregando proteção, efeito primer e cobertura de base. A cobertura média camufla bem olheiras e pequenas imperfeições, mas o fundo acinzentado e acabamento fosco foi algo que me incomodou. Tenho a pele oleosa, senti que o toque extra seco do produto segura o brilho o dia todo e não transfere, contudo para quem quer uma pele com aspecto mais natural e viçoso, não indico.” – Karen Faccin,  jornalista, pele oleosa e praticante de beleza natural, Maringá (PR) – @karenfaccin

“Produto de textura leve, efeito seco mas na medida, fácil de espalhar na pele. Poucas tonalidades, porém com igual proporção de cores peles claras e escuras. Cobertura média/alta.” – Monalisa Nunes, dermatologista vegana, pele mista, São Paulo\SP – @monadermavegan.

7) Protetor Solar Facial Australian Gold Toque Seco 

Protetor solar - Australian Gold Sea friendly

Opinião | cosmética\performance:

“Testei a versão corpo pouco tempo após o lançamento, exclusivamente para  este guia, em dois dias de exposição direta ao sol e senti uma boa proteção. A espalhabilidade é boa, com aroma (artificial) adocicado. É uma fórmula que não é totalmente livre dos piores ingredientes, pois tem o octocrileno, me deixando um pouco insegura. No entanto, é mais limpa em comparação as demais que encontramos nas farmácias e tem bom-custo beneficio, sobretudo o frasco corporal, que é maior” – Marcela Rodrigues, facilitadora em consumo consciente & beleza limpa, fundadora aNaturalíssima, pele normal-sensível, São Paulo\SP – @eusoumarcelarodrigues e @anaturalissima.

*nota da Australian Gold Brasil enviada por dm\instagram: “O octocrylene é um tipo de filtro UVB, muito utilizado em proteção solar que, além de conferir proteção UVB, ajuda a solubilizar e estabilizar outros filtros. O diferencial da nossa linha em relação à segurança dos corais é que nós realizamos um teste – livre de crueldade, conforme padrões da PETA – que comprova que a nossa fórmula, e portanto a combinação de todos os ingredientes encontrada nela, não causa nenhum dano aos corais.

8) Isdin Fusion Water

Sdin - protetor solar físico

Opinião | cosmética\performance:

“Achei a textura bem leve e  fácil de espalhar. Deixa a pele sequinha e é muito confortável principalmente para pele mista/oleosa em dias quentes. Aceita bem um hidratante antes do filtro solar e/ou maquiagem por cima do produto.” – Sara Pinheiro, fisioterapeuta em transição na beleza natural, pele mista/sensível, Nova Friburgo (RJ) – @bemmequerodicas 

9)  AVENE Filtro Solar Fluido Mineral com Cor (R$ 109, 40 ml)

Avene - protetor solar físico

Opinião | cosmética\performance:

“Achei a textura fluida, fácil de espalhar, mas não tem grande absorção na pele. Para peles secas e normais acho ótimo, já para as oleosas nem tanto. O pigmento disfarça o “esbranquiçado” dos filtros físicos, se adaptando a quase todos os tipos de pele. A cor ajuda a disfarçar pequenas imperfeições, mas não é de alta cobertura” – Vanessa Ottoboni, dermatologista, surfista e apaixonada por sol, tem pele mista, Curitiba (PR) – @dravanessaottoboni 

“Senti o toque um pouco pegajoso. Tem um efeito hidratante, porém em uma pele mista ou oleosa pode deixar um aspecto mais oleoso durante o dia (vale selar com um pó).Tem cobertura leve que  uniformiza o tom da pele. Por ter uma pele de tom médio me dei bem com o tom” – Sara Pinheiro, fisioterapeuta em transição na beleza natural, pele mista/sensível, Nova Friburgo (RJ) – @bemmequerodicas 

10) ANASOL CLINICALS AA CREAM  antirrugas + antioxidante

Anasol Clinicals AA - protetor solar vegano

Anasol Clinicals AA – protetor solar vegano


“Textura leve, toque aveludado, não faz filme branco, depois de absorvido eu não sinto mais o protetor no meu rosto. Bônus de ter ação antioxidante e FPS alto” – Opinião 2: Mona Nunes, pele seca, dermatologista – São Paulo (SP) –  @monadermavegan 

“Para a minha pele que é mista, fiquei muito satisfeita, pois espalha rapidamente e deixou um aspecto de pele com brilho saudável (não oleoso), toque super sequinho e leve (apesar de não ser matte), e o desempenho dele no calor é excelente, além de ser também muito resistente a água.” Louise Patricio, pele mista,  cosmetóloga e co-fundadora Beleza Pura Store, Sorocaba (SP) – @louisepatricio

“Usei para o teste e gostei muito da textura. É um híbrido de natural e físico e se posiciona como vegano. então, apesar de ter octocrileno, não vejo falta de transparência na marca. Testei para este guia, percebi boa espalhabilidade e tem acabamento aveludado. É uma opção mais acessível para os veganos” –

Conselho aNaturalíssima: entre experts e entusiastas, conheça o time que sugeriu e avaliou o viés cosméticos dos itens acima

*Da avaliação: este é um guia editorial independente. Os preços e informações acima foram pesquisados no período de outubro, novembro e dezembro de 2020.  Qualquer nota vinda das empresas será atualizada aqui e sinalizada com data. Para mais avaliações e sugestões ao longo do ano, acompanhe no perfil @anaturalissima.

#guia #proteçãosolarconsciente