top of page

Baixo o nosso Calendário Lunar para 2024


A figura da lua é permeada de significados em todas as culturas do mundo. Em algumas, é considerada Deusa. Por parte do ocidente, pode até ser mais uma esfera luminosa alvo de cientistas e astronautas – que mesmo tendo pisado por lá há mais de 50 anos, não conseguiram decodificar mistérios e explicar a influência dela sobre nós.


Há quem acredite – e sou desse time – que os  saberes ancestrais e a astrologia explicam bem. Fato é que há uma atração eletromagnética sobre a Terra – seres humanos, animais, marés, agricultura… 

 “Todos temos a Lua no mapa. Portanto, todos sentimos. Por exemplo: os homens também tem suas marés emocionais, seus picos de energia criativa e momentos reflexivos”, afirmou a astróloga Maína Mello nesta nossa reportagem sobre o tema.

Penso que, quando aceitamos, honramos e desfrutamos dessa influência é como se usássemos as fases da lua como uma bússola natural. É um sopro de intuição que perdemos por pura desconexão com a natureza e, eu acredito, por apego à racionalidade (nossa porção yang falando alto). Mas ainda dá tempo. Sempre dá. 


Por isso acompanhar as fases e se permitir perceber tal influência é uma ferramenta de intuição e autoconhecimento. Desfrutem (salvem o calendário de bolso aqui neste post do instagram e fica mais fácil acessar no dia a dia):




Arte: Marilia Senott





Comentarios


bottom of page