Guia do escalda-pés: ritual relaxante e detox




Escalda-pés, naturalmente detox: como funciona


Podemos pensar na função detox do escalda-pés por duas perspectivas. "Primeiramente, pelo aspecto fisiológico, a temperatura da água em contato com os pés aumenta o fluxo sanguíneo local (dilata vasos), o que movimenta tanto sangue quanto linfa, aprimorando e acelerando a saída de toxinas, elementos que são eliminados das células do corpo normalmente pelo metabolismo que, em geral, é mais lento nas extremidades", explica a médica integrativa e nutróloga Luiza Savietto.


"Pode reparar que, quanto mais longe, mais frio. E os pés são os mais distantes (do coração)"

Escalda-pés e a medicina chinesa


A segunda explicação do potencial curativo do escalda-pés está relacionado à medicina chinesa: "o calor nos pés contribui para o equilíbrio yang (na cabeça) e yin (pés), onde o excesso de calor da cabeça se transfere aos pés (mais frios), trazendo melhora em sintomas físicos, psíquicos e promovendo relaxamento / aquecimento", esclarece Luiza.


Não é incrível que um ritual ancestral e simples de praticar tenha tanto potencial curativo para o corpo e as emoções?



Escalda-pés: como fazer


Somente água quente já traria os benefícios. Mas a verdade é que a tríade mais famosa do escalda-pés ainda inclui o sal, que ajuda a drenar o excesso de líquido e reduzir o inchaço; com efeitos bioenergéticos; e ervas e flores com efeitos terapêuticos.


"Vinagre, óleos essenciais e bolinhas para massagear potencializam a experiência", diz a médica.


Escalda-pés: combinações e suas funções


  • Eucalipto, hortelã e menta: melhoram sensação de peso e cansaço;

  • Arnica: analgésico;

  • Lavanda, erva-cidreira, melissa, erva-doce, capim-limão e camomila: ação relaxante.

  • Calêndula: antisséptica e antibacteriana;

  • Arruda: ativa a circulação;

  • Cravo, canela e alecrim: estimulantes e revigorantes



Ritualizando


O escalda-pés pode ser ritual ou técnica, vai depender do quando de intenção, presença e detalhes que você vai colocar na prática. Para transformá-lo realmente em um ritual de bem-estar holístico, não esqueça da calma, da intenção e de cuidar do ambiente.


Antes de mergulhar os pés, deixe uma toalha ao seu lado. Um óleo vegetal ou uma loção corporal natural também podem ser usados para uma auto-massagem ao final. Celular em modo avião, escolha uma trilha sonora. Se possível, coloque velas aromáticas e permita-se relaxar. Assim, você cria seu próprio ritual holístico.


Escalda-pés: contra indicações


Em geral, é um ritual simples e seguro. Mas tem sim algumas contra indicações, pontuadas pela médica Luiza Savietto: importante atentar-se a casos de febre, doenças agudas, tuberculose, tumor maligno, doenças cardíacas descompensadas, insuficiência respiratória, úlcera varicosa ou arterial, ferida não cicatrizada nos pés e, alerta Luiza, a possíveis alergias a algum tipo de erva ou óleo utilizados para compor o escalda-pés